Vagas jovem aprendiz – 10 dicas para conseguir um bom emprego!

Vagas jovem aprendiz

A procura de vagas jovem aprendiz não é fácil. Isso não apenas faz com que você gaste muito tempo e energia procurando e pesquisando empresas, mas também leva à frustração que elas demoram para ligar para você e você não recebe tantas ligações para entrevistas quanto gostaria.

Por tudo isso, hoje apresentamos 10 dicas para conseguir um bom emprego.

1- Prepare-se mentalmente para vagas jovem aprendiz

Uma das coisas que muitos especialistas mencionam é que a procura de emprego gera frustração e que os candidatos de longa data, aqueles que procuram emprego há muitos meses ou anos, podem até desenvolver episódios de tristeza e também inseguranças.

Porém, para enfrentar essa nova etapa você precisa aprender a relativizar e focar seus esforços no que ela te traz. O trabalho, embora necessário para viver, ainda é mais um aspecto da vida. Você não está desempregado, você está desempregado.

Essa diferenciação linguística é importante porque “ser” significa que é uma situação temporária enquanto “ser” faz parte de você e dá uma sensação de permanência.

Existem especialistas e psicólogos focados nesse assunto que podem te ajudar a superar essa fase. Uma vez aceito esse aspecto da temporalidade, é hora de começar a procurar.

 

2- Tenha um objetivo

Não é recomendado começar a aplicar a todas as ofertas que você vê. É importante saber qual é o objetivo que pretende atingir nesta fase da sua carreira profissional.

Vagas jovem aprendiz

Para fazer isso, você deve decidir o que deseja, o tipo de trabalho, responsabilidade na empresa, benefícios, oportunidades de crescimento, etc. E em relação ao que você decidir, comece a se candidatar naquelas vagas que realmente atendem ao que você deseja.

Você tem que ser realista, não pode querer ser gerente de uma empresa se, por exemplo, não tem experiência em gestão de equipes. Nem você pode fingir ser um médico se você não estudou a raça.

Portanto, com seu currículo em mãos, pense bem nos desafios de trabalho que você deseja para o seu próximo estágio de trabalho e candidate-se apenas se a oferta corresponder.

 

3- Fale sobre o trabalho 

Sempre comentamos o quanto é importante fazer networking, não só quando você está procurando emprego, mas em uma situação de desemprego é necessário falar de trabalho no dia a dia.

Participar de fóruns ou palestras, participar de treinamentos e eventos; tudo relacionado ao setor em que você desenvolveu sua carreira ou em que deseja trabalhar.

Estabelecer um relacionamento com pessoas relacionadas ao mesmo campo de trabalho pode ajudá-lo a conhecer as vagas de emprego e também lhe dar ideias ou inspiração para quando você pode implementá-las no novo emprego.

Troque conhecimento, faça colaborações, networking não é só trocar cartões. Essas novas pessoas que você conhece podem recomendá-lo em suas empresas… você nunca sabe quem pode ajudá-lo!

 

4- Pesquise nas redes sociais vagas jovem aprendiz

As redes sociais também são úteis para encontrar um emprego. Os recrutadores os usam para postar vagas e também para entrar em contato com candidatos e revisar seus perfis.

Já avisamos no artigo Você está procurando emprego? Verifique suas redes, você deve ter perfis atualizados, com boa apresentação e sem comentários negativos.

5- Todas as ferramentas disponíveis para Computrabalho

Outra forma eficaz de procurar emprego é utilizar o Computrabalho e as ferramentas que tem ao seu dispor para o ajudar neste difícil processo.

Em primeiro lugar, se ainda não registou o seu Currículo no Computrabalho, está na hora de o fazer. Lembre-se que você deve ter informações atualizadas no perfil.

Ter seu perfil CompuWork errado ou desatualizado pode ser uma das principais razões pelas quais eles não ligam para você. Verifique cuidadosamente se cada dado está no lugar certo.

Uma vez esclarecido este ponto, você tem a possibilidade de criar alertas de emprego para que eles cheguem até você diretamente por correio ou você pode receber anúncios de emprego através do Facebook Messenger.

Você pode ser um seguidor das empresas no portal e assim receber notificações quando uma dessas empresas da sua lista TOP 10 publicar uma nova vaga. Dessa forma, você pode ser um dos primeiros a se inscrever.

 

6- Um bom currículo e uma ótima carta de apresentação

Não há possibilidade de encontrar um emprego se você não tiver um bom currículo. Um CV bem redigido, com um formato atual, com todas as experiências de trabalho determinantes para a sua carreira, com uma secção para competências e também com um resumo apelativo.

Vagas jovem aprendiz

Muitas vezes, alguns profissionais que possuem todas as habilidades para preencher determinados cargos são descartados por conta de um HdeV ruim. Seu currículo precisa ser capaz de mostrar à empresa que você é o candidato ideal para atender às suas necessidades.

É importante que você adicione uma carta de apresentação para cada vaga a que se candidatar. Nele, ele aprofunda o que o extrato do seu HdeV reflete.

Diga-lhes quem você é, o que o motiva e por que você quer este emprego. Este documento pode ajudar a dissipar algumas dúvidas que possam ter permanecido após a leitura do seu currículo.

 

7- Treine continuamente

Estar desempregado não significa deixar de lado sua formação profissional, pelo contrário. Aproveite este período para aprofundar seus conhecimentos ou descobrir novos temas que podem te ajudar em sua vida profissional.

O treinamento é essencial para subir posições na carreira profissional. Existem cursos online ou presenciais que vão te ajudar a manter seus conhecimentos atualizados e sua mente aberta para novas ideias.

 

8- Hobbies e voluntariado

Pode parecer estranho para você incluir isso em nossas dicas, mas não é. Existem hobbies e voluntariado que podem ajudá-lo a desenvolver habilidades sociais que o ajudarão no local de trabalho.

Além disso, manter o foco e fazer algo que você realmente ama tornará muito mais fácil passar por esse período estressante de busca de emprego.

 

9- Marca pessoal

Todos nós temos uma marca pessoal, se você ainda não trabalhou nisso, agora é a hora. Ao desenvolver sua marca pessoal, você pode se diferenciar de outros candidatos.

Vagas jovem aprendiz

Para trabalhar sua marca pessoal, cuide de suas redes sociais, participe como especialista, interaja com outros profissionais e foque no setor ou nicho de mercado que lhe interessa.

Escrever artigos ou fazer comentários em mídias especializadas pode ser uma boa forma de melhorar a percepção da sua marca.

10- Pronto para a entrevista de emprego

O último ponto centra-se na preparação antes da entrevista de emprego. Você já pesquisou a empresa antes de se candidatar, então quando eles te chamarem para a entrevista tente pensar no que eles vão te perguntar e no que você pode contribuir para aquele trabalho.

Certifique-se de conhecer a concorrência e vá para a entrevista com algumas ideias que gostaria de implementar. Você pode não conseguir usá-lo durante a entrevista, mas é melhor pensar nisso do que não improvisar na hora. Os nervos podem acabar pregando peças em você.

Com todas essas dicas em mãos sobre vagas jovem aprendiz, é hora de procurar um novo emprego, um desafio emocionante que você goste e que goste.